Translate

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Lamentos de solidão


Lamentos de solidão
===================
Hoje eu acordei triste
Triste, muito só e sem entender
Vazia está a minha alma
Tão vazia que chega a doer
A brisa que toca em meu rosto
Parece mais palmada a me bater
Cinza, tornou-se o dia e o céu nublado
E a dor falou mais alto em meu ser
Saudade me apresentou a solidão
E a ela dediquei o meu sofrer
Porque sentir saudades?
Porque este querer?
Entendes de uma vez oh coração!
Eu vivo agora, simplesmente por viver!
Quando se foi, levou também minha existência
Qual sugador da alma alheia se apossou
E lágrimas, misturadas à dor da saudade
Foi tudo quanto ele me deixou
Nestes lamentos, canto a dor da solidão
Para aplacar a ferida deste adeus
Qual andarilho solitário no sertão
Canta pra lua, todos os lamentos seus

Mara laurentino

2 comentários:

Armando Gomes disse...

Parabéns!!!
Muito alegre e legal o seu blog.
Sempre que possivel vou visita-lo.
Sucessos e boa sorte.
Abraços
Armando Gomes
asgbh.blogspot.com

Mara disse...

Oi Armando! seja muito bem-vindo
Obrigada pela visita e volte sempre