Translate

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Perguntas

Eu sei, que em meio a tantas lutas,
E problemas
Eu vou seguindo a vida em um dilema.
E tenho tantas coisas que perguntar.
Porque? Eu questiono á Deus lá nas alturas.
Se o homem aqui na terra, encontra cura?
Pra falta do mais forte sentimento
Que é amar.
Pra que tanta violência, tanta guerra?
Não basta o sofrimento, desta terra?
Ainda tenho que ver o homem matar?
Crianças, velhos e jovens se engalfinham
Por quase nada, ou coisas tão mesquinhas!
E esquecem do mais lindo sentimento
Que é amar.
Porém o que me consola é saber,
Que olhando a natureza eu encontro
A prova mais fiel, de um amor profundo.
É que em todo o universo,
Eu vejo o sentimento seu.
Nas flores, nas águas de um mar tão infinito.
No canto de um pássaro, que bonito!
No próprio homem
A imagem de Deus.

 Mara Laurentino

Um comentário:

FLOR disse...

Bom dia Mara,encontrei seu blog na comunidade do orkut e vim te fazer um visita para te deixar meu abraço e parabenizar vc pelos seus lindos poemas, maravilhosos,cada um mais tocante que o outro.
Um lindo final de semana pra vc:
Beijos